A ilha que desapareceu em segundos

Elugelab era uma ilhota despovoada entre 40 outras do Atol Enewetak, nas Ilhas Marshall, um arquipélagao perdido na imensidão do Pacífico. Às 7h 15 da manhã (16h 15 no Rio de Janeiro) do dia primeiro de novembro de 1952, Elugelab deixou de existir. Foi instantaneamente destruída pela explosão da primeira Bomba H, a bomda de hidrogênio. O teste foi batizado de Ivy Mike pelo exercito norte-americano. Sua potência explosiva foi de 10 a 12 megatons, ou 400 vezes maior que a bomba atômica (Bomba A) que destruiu a cidade de Hiroshima, em 1945.

O Mundo Livre detém uma arma muito mais potente que a bomba comunista, detonada pela Rússia em 1949. A Bomba H tem esse nome porque, ao contrário da bomba de Hiroshima, usa a energia da fusão de átomos de hidrogênio, não da fissão (separação) deles. Se um dia conseguirmos controlar a fusão, ela será uma fonte potencialmente ilimitada de energia, a mesma que faz o Sol brilhar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s