Túnel do tempo: tênis

Hoje em dia, um tênis é um tênis. Todo mundo gosta de ter um modelo bacana, mas no final da década de 1980, um “tênis  de marca” representava um grande status para os adolescentes da época. A molecada que até então calçava Kichute, Bamba e similares, pirava na nova onde dos tênis “transados”  como o Nike Air, Le Cheval ou Rainha System.

NIKE AIR VELOCITY: o Nike era a “Ferrari” dos tênis na época. O modelo Air Velocity era o mais barato da linha, cuja decoração cinza/rosa se tornou clássico. Este modelo era mais procurado pelas garotas.

NIKE AIR WINDRUNNER: o modelo Windrunner era mais bonito e caro que o Velocity: todos queriam ter um.

LE CHEVAL: não me lembro bem, mas acho que a marca Le Cheval era nacional. O da foto abaixo é o modelo básico branco/azul. O top de linha era o cano alto com decoração branco/preto/laranja ou branco/azul/amarelo no estilo basquete seguindo a moda da época.

LE COQ SPORTIF: não era famoso como o Nike, mas era caro e importado e isto bastava para ser um tênis desejado.

NEW BALANCE: por causa do “N” costurado na lateral do tênis, a rapaziada da época achava que o New Balance era um modelo da Nike, mas logo ficou claro que era apenas uma alternativa para quem não tinha grana para chegar no Nike.

COOPER: era pouco conhecido, mas tinha um visual bonito. Não era caro como os importados e muita gente tinha.

M2000 PROPULSION: o bacana do M2000 que apareceu em 1991 era o visual futurista e o sistema de amortecimento  com uma almofada com pequenas pirâmides invertidas que podia ser vista por um plástico transparente na sola. O tênis amortecia bem, mas o ruim era quando este plástico rachava. Infiltrava água e sujeira na sola e o tênis ia para o vinagre rapidinho.


KICHUTE: o clássico e mitológico Kichute! Não era bonito nem confortável, mas era feito para durar uma vida! A molecada usava passando o cadarço por baixo da sola ou amarrando no tornozelo para não atrapalhar na hora de jogar bola.

CONGA: outro clássico que fazia parte da lista de material escolar, a Conga era espartana até o último grau. Não durava tanto quanto um Kichute, mas era mais barata.

RAINHA IATE: era usado pelos adultos também. Mas era muito visto na escola também. Era um tipo de  Conga da Rainha

CHINESINHO: acho que este tênis nem tinha marca, mas como vinha da China a galera o paelidou de “chinesinho”. Encontrei na internet só esta foto acima. Mas o modelo clássico era o branco com a estrelinha azul e solado verde, que acabava bem rápido.

BAMBA: junto com a Conga e o Kichute, o Bamba forma a tríade dos tênis da moçada dos anos 1980/1990. Era quase tão durável quanto o Kichute e mais confortável que a Conga. Unanimidade na escola.

MONTREAL: era um tênis barato e metido a besta. Eu tinha um modelo que imitava couro. Era marrom com o solado bege quye imitava botões de calculadora. Minha irmã mais velha tinha um igualzinho preto e vermelho com o solado branco.

RAINHA SYSTEM STABILITY: outro tênis que causava alvoroço na turma. O bacana era o sistema de amortecimento que traziam discos de borracha e silicone que eram colocados debaixo da palmilha. Cada disco do conjunto tinha um grau de maciez o que possibilitava regular o nível de amortecimento do tênis. Logo depois apareceu o Raynha Elastic System, que era feito com um tecido elástico: não precisava nem desamarrar o tênis para calçá-lo. Era quase tão caro quanto os Nike.

Anúncios

13 comentários

  1. Paciente · outubro 24, 2012

    Caro amigo. Seu blog me fez viajar no tempo…parabéns. Mas ha algumas observaçoes que queria fazer. 1°- O tenis M2000 propulsion foi lançado no início de 1990, e não em 1991. 2°- O tenis New Balance era tao caro quanto o Nike e no filme ” A volta dos mortos vivos” (1987), logo no começo ,um dos personagens esta com um no pé. abraço… parabens…

    • inaldo jorge sousa abreu · junho 22, 2013

      Suas informações são imprecisas quanto a marca Le coq sportif,que era mais famosa que a Nike(só foi comercializada no brasil na década de 90),a le coq sportif ,patrocinava o Fluminense Campeão brasileiro de 85 e a seleção Argentina Campeã Mundial de 86.Os tenis mais bonitos que eu já vi.

      • inaldo jorge sousa abreu · junho 22, 2013

        Estão de fora da sua lista outras marcas famosas na época como tenís “Power” e “Hollyood”(marca de cigarro).

    • Vêra · dezembro 19, 2013

      podi cre, new balance era qse na msm linha do nike, tive um ki nao mi sao da cabeça ate hj, cinza, muito loko.

  2. atoniomarcoscanhoella · novembro 20, 2012

    estou a procura de rainhaelasticsysten.

  3. Gerson Cunha De Lima · junho 18, 2013

    Estou a procura de um Lecoc anos 80 modelo branco detalhes azul o cadaco era ate na ponta dos dedos…

  4. nair oliveira barbosa · setembro 20, 2013

    estou a procura do lecoq sportif de couro dos anos 80 azul ou vermelho

  5. Vêra · dezembro 19, 2013

    broder piraçao puta, curti todos eles

  6. marcelo · março 6, 2014

    Primeiro parabéns quantas lembraças destes tenis, já tive o chineisinho, rainha elastic, bamba, rainha estability e um nike air windrunner, mas em 1993 o que eu queria mesmo era o velocity todos os meus amigos tinham mas quando procurei para comprar não achei só achei o windrunner ai foi este mesmo mas algum tempo depois ( ontem 05/03/2014 ) chegou em casa o meu nike vortex retro ainda não tive coragem de usar ele o meu é cinza com o logo preto. quem curte da uma pesquisada que algumas marcas estão lançando alguns modelos de sucesso com outro nome mas na versão retro o meu comprei na centauro

    abraço para quem é de abraço bju para quem é de bju

  7. julio [dx] frança · abril 29, 2014

    Ah, faltou falar do Topper Dynatech! Quase nada na Internet sobre ele além do comercial em baixa resolução…

  8. Pardo · maio 12, 2014

    Quando eu vi o Nike Windrunner automaticamente me deu um aperto no coração, saudades de reviver essa época.

  9. Renato · dezembro 31, 2014

    Caro, eu viajei de minha infância antes da escola c/ a conguinha (como era chamada), passando pelo bamba, kichute e montreal até a 4ª série, o le cheval foi uma marca nacional que surgiu na carona do le coq sportif, esse sim foi o top no final dos anos 70 c/ um modelo de jogar tênis que tinha a furação dos cadarços até o bico do tenis (c/ certeza o modelo le coq mais vendido no Brasil), o chinesinho de que vc fala, foi a primeira onda de importados e era branco c/ o solado verde, o outro modelo era o estrelinha (um pouquinho mais caro), que era branco e c/ um logo azul ou vermelho +ou- assim *>> (creio que imitando o converse) sua etiqueta era Forword (e a galera chamava farwait, kkk), o meu primeiro velocity eu comprei em 86 (ainda não tinha a tecnologia air) e ninguém deu nem atenção, más em 90 todos queriam ao menos o modelo de entrada. Vou discordar do que disse sobre o NB, pois ele foi desde o lançamento muito caro, no nível dos nikes e sumiu como surgiu, muito rápido, o M2000 foi mais alavancado pela música do comercial e pela molecada que curtiu um break dance, já o rainha iate e mont car (usado no meio dos anos 80 c/ o cadarço colorido) eram clássicos que iam e vinham como o all star nos dias de hj, e por falar em all star aqui nós tínhamos uma diferenciação o américa’s nº1 fabricado no brasil e o converse gringo. teria algo a dizer sobre os outros e mais alguns de que vc não mencionou, más acho que me empolguei demais, kkk…é que a maioria é de uma fase muito boa desses meus 44 anos.

  10. Renato Yamaguchi · março 19, 2015

    muito bom parabéns !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s