Hells Angels

A história dos primórdios do Hells Angels  não é clara. Segundo Ralph Sonny Barger, fundador da facção Oakland, facções do clube foram fundadas em São Francisco, Gardena, Fontana, e outros lugares independentemente uns dos outros, e sem saberem da existência umas das outras . Mas outra versão da história diz os Hells Angels de São Francisco foi originalmente organizado por Rocky Grave, um membro dos Hells Angels de São Bernardino (“Berdoo”). Isto prova que os Hells Angels “Frisco” estavam muito cientes de seus representantes. De acordo com outra fonte, o clube Hells Angels foi um sucessor do “P.O.B.O.B.” Motorcycle Club. O Hells Angels “Frisco” foi reorganizado em 1955 com treze membros; Franco Sadliek, que concebeu o logotipo original do cranio da morte, nomeado como presidente. A facção Oakland, nessa altura era chefiada por Barger, usando uma versão maior de seu apelido “Barger Maior” qual foi primeiramente usado em 1959 e mais tarde tornou-se o clube central.

Os Hells Angels são às vezes representados como uma lenda dos dias modernos, ou como o espírito livre e se transformaram em ícone de um era de camaradagem e lealdade. Outros os descrevem como um bando criminoso, violento e um estorvo na sociedade.

O nome Hells Angels tem origem militar quando tanto na Primeira quanto na Segunda Guerra Mundial, foi usado para nomear esquadras ou outros grupos de guerra por ser um nome desafiador, feroz e mortal. Os Tigres Voadores baseados na China foi dividido em três esquadrilhas de avião, e uma esquadrilha foi nomeada “Hell’s Angels”. Várias unidades usaram o nome Hell’s Angels antes do fundador do clube de motocicletas usá-lo, inculsive o 303º Grupo H de Bombardeiros Pesados da Força Aérea Americana, uma unidade militar formada nos primeiros anos da Segunda Guerra Mundial, e a 11ª Divisão Aérea. Alguns Hells Angels tentam acabar com a crença de qualquer conexão, exceto o nome, entre o HAMC e o histograma militar Hell’s Angels. O website oficial do grupo esclarece que o nome foi sugerido aos fundadores do clube por um amigo, Arvid “Oley” Olsen, que foi um membro dos Tigres Voadores. Nenhum membro daquela esquadrilha tornou-se membro da HAMC.

Símbolos e rituais

A página oficial dos Hells Angels na internet atribui o design da insignia oficial “cabeça da morte” a Frank Sadilek, antigo presidente da facção São Francisco . As cores e forma de estilo do emblema das jaquetas (antes de 1953) foram copiadas das insígnias da 85ª Esquadrilha de Combate e da 552ª Esquadrilha de Aviões Bombardeiros Médios.

Os Hells Angels utilizam um sistema de emblemas, similar às insignias militares. Embora o significado específico de qualquer emblema não seja de conhecimento público, os emblemas identificam atividades especificas ou crenças de cada motociclista. As cores oficiais dos Hells Angels são letras vermelhas visualizadas em fundo branco. Estes emblemas são aplicados em jaquetas e roupas de couro ou jeans.

Vermelho e branco são também utilizados para exibir o número 81 em muitos emblemas, como em “Suporte 81, Rota 81”. O 8 e 1 apontam as respectivas posições na alfabeto das letras H e A (iniciais de Hells Angels). São usados por amigos e apoiadores do clube, mas somente membros oficiais podem vestir qualquer logomarca dos Hells Angels.

O diamante formando o emblema um porcento também é utilizado, e escrito como “1%”, em vermelho no fundo branco com borda castanha. O termo “um porcento” é uma resposta ao Incidente Hollister quando a Associação Americana de Motociclistas (AMA) teria dito que 99% dos motociclistas eram formados por bons cidadãos e 1% por bandidos. A AMA alega não se recordar de ter dado tal declaração à imprensa, e chamada esse relato apocrifo.

Muitos membros vestem um emblema retangular (novamente, fundo branco com letras vermelhas e bordas castanhas) identificando sua respectiva facção local. Quando aceitos, novos membros do clube vestem um emblema denotando sua posição ou hierarquia dentro da organização. O emblema é retangular, e da mesma forma que os emblemas descritos acima, são desenhados em fundo branco com letras vermelhas e bordas castanhas. Alguns exemplos de cargos usados são Presidente, Vice-Presidente, Secretário, Tesoureiro, e Sargento de Armas. Esse emblema é habitualmente colocado acima do emblema de localização do clube.

Alguns membros também vestem um emblema com a rubrica ‘AFFA’, que significa “Angels Forever, Forever Angels” (Angels para sempre; para sempre Angels), referente a seu vinculo vitalício no clube de motocicletas (isto é, ‘uma vez membro, sempre um membro’).

O livro Gangs, escrita por Tony Thompson (um correspondente criminal do jornal The Observer), depõe que Stephen Cunningham , um membro dos Angels, ganhou um novo emblema após ele ter sido resgatado depois de uma tentativa de armar um atentado a bomba: dois SS em formato de relampagos em estilo nazista e abaixo as palavras ‘Filthy Few’. Algumas declarações de oficiais da justiça alegam que o emblema é um prêmio apenas para aqueles que tem cometido, ou são preparados para cometer, homicídios em favor do clube. Conforme um relatório do caso R. V. Bonner e Lindsay em 2005 ( segue relacionado seção abaixo ), outro emblema, similar ao emblema ‘Filthy Few’, é o emblema ‘Dequiallo’. Esse emblemo significa que o usuário possui passagem pela policia”. Não há convenção comum quanto ao local onde os emblemas são localizados nas jaquetas e roupas dos membros.

Em março de 2007 os Hells Anjos moveram ação judicial contra os Estúdios Walt Disney alegando que o filme intitulado Porcos Selvagens (Wild Hogs) usou o nome e o logotipo da Hells Angels Motorcycle Corporation sem permissão.

As exigências para tornar-se um membro do Hells Angels são as seguintes: os candidatos devem ser homens, brancos, ter uma habilitação de motociclista, trabalhar com motocicletas e não pode ser um molestador de crianças ou ter sido um oficial da polícia ou guarda de prisão. Após um longo processo, um candidato a membro é primeiramente admitido como um ‘Candidato’, indicando que o indivíduo é convidado a alguns eventos do clube ou a encontrar outros membros do clube em encontros de motociclistas.

Se o Candidato estiver interessado, ele pode ser convidado a se tornar um ‘Associado’, uma situação que acontece habitualmente após um ano ou dois. No fim deste estágio, ele será reclassificado como ‘Prospecto’, convidado a paricipar em algumas atividades do clube, mas não para ter privilégios, enquanto ele será avaliado como um possível membro oficial. A última fase, e o mais alto grau de status, é ‘Associação Plena’ ou ‘Emblema Pleno’. O termo Emblema Pleno refere-se ao conjunto dos quatro emblemas, incluindo o logotipo ‘Cabeça da Morte’, dois apliques (aplique superior: ‘Hells Angels; aplique inferior: Estado ou Território) e o emblema retangular ‘MC’ abaixo da asa da Cabeça da Morte. Candidatos potenciais são autorizados a vestir somente um aplique inferior com o nome do Estado ou Território com o emblema retangular ‘MC’.

Para tornar-se um membro de pleno direito, o Prospecto deve ser votado em pelos membros oficiais do clube. Antes da votação, um Prospecto habitualmente viaja por cada facção da jurisdição ( estado / província / território ) e introduz ele mesmo a cada Emblema Pleno. Esse processo permite que qualquer membro votante torne-se familiarizado com o sujeito e a fazer qualquer questionamento antes do voto. Após a admissão habitualmente requer uma maioria unânime nas votações, e algum clube poderá rejeitar um Prospecto por um simples voto discordante. Algumas formalidades a serem acatadas seguem, dentro das quais o Prospecto afirma sua lealdade ao clube e a seus membros. O emblema final (aplique superior Hells Angels) é então concedido numa cerimônia de iniciação. Ao sair dos Hells Angels, ou ser rejeitado, pode-se voltar ao clube.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s