Religião distorcida

No sentido da palavra, religião é a ligação entre Deus e o Homem. Com o passar do tempo, religião virou sinônimo de congregação, ou o conjunto de dogmas que formam uma determinada “religião”. Ou seja, o catolicismo é uma religião, o islamismo é uma religião, assim como o budismo, o xintoismo e daí por diante.

O problema é a parte tocante ao Homem que corrompe tudo aquilo que está diante de si. Desde que o mundo é mundo o ser humano tem a ambição de controlar o ser humano e a religião é usada históricamente de forma eficiente para se alcançar este controle. Durante a Idade Média a então poderosa Igreja Católica tocava o terror, literalmente. A Igreja era o Estado, o Executivo, o Legislativo e o Judiciário…ou seja, a Igreja podia tudo e não havia quem se opusesse a ela. Foram séculos de torturas, pessoas queimadas vivas, interferências no desenvolvimento tecnológico, social e cultural da Europa. A alfabetização só era permitida aos nobres e clérigos, deste modo o povão ignorante continuaria sendo manipulado e sem saber que o “pecado” era apenas uma forma de controle. Para azar dos católicos, o movimento iluminista foi inevitável e trouxe conhecimento às massas o que enfraqueceu gradualmente a influencia da Igreja Católica até chegar à situação atual, onde já não exerce poder algum.

Se por um lado a Igreja Católica já não toca o terror como antigamente, o islã continua a todo vapor. Não exatamente o islã, mas grupos islamicos que distorcem o alcorão a ponto de alegar que Maomé diz que os infiéis devam morrer ou sofrer de forma impiedosa, ou que alguns “soldados da fé” devam se suicidar com bombas em nome da religião.

No Brasil a igreja católica não queima ninguém e o islã não aliena jovens a ponto de se explodirem junto com seus inimigos. Mas por aqui as igrejas evangélicas focam o DINHEIRO! Num país onde os próprios governantes são aproveitadores, é natural que os pastores aproveitem a cultura do jeitinho brasileiro e ganhem muito dinheiro às custas de fiéis que se deixam levar por qualquer conversa, ou pela habilidade dos pastores em usar as palavras bíblicas como argumento.

Então, a religião que deveria ser uma reflexão sobre nossa vivência com Deus (acabou pelas mãos dos homens) sendo uma ferramenta para controlar o povo, ganhar dinheiro, exercer influência, aterrorizar, etc. Mesmo assim, ainda acho que o melhor lugar para se estar é dentro de uma igreja ou de um templo de Deus. O problema é o modo como alguns líderes religiosos distorcem a religião e como os fiéis fecham os olhos para Deus e só ouvem e enxergam o que tais lideres pregam. Estes fiéis alienados confundem as coisas a ponto de achar que a religião é seu próprio Deus, mas não é. Devemos tomar cuidado, pois a religião é feita pelo homem e tudo o que provém do homem é propício a falhas e corrupção. As pessoas devem sim ter uma comunhão com Deus, mas devem ter um pensamento livre o suficiente para enxergar quando acaba a religiãoe começa a mentira… e a partir deste momento, não parar de crer, mas ter ainda mais certeza de que Deus não precisa do nosso dinheiro e muito menos manda matar ninguém. Que castigo, ódio, intolerância, violência, ambição, etc. não tem nada de sagrado e que são apenas atos falhos e de interesse dos homens gananciosos e sem coração.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s