Big Boy, a maior locomotiva do mundo

 

“Big Boy” foi o apelido dado à locomotiva articulada a vapor da Classe 4000 fabricada pela Alco entre 1941 e 1944 para a sob encomenda da Union Pacific Railroad.

Desenvolvimento

A Union Pacific Railroad introduziu as locomotivas Challenger-Type 4-6-6-4 em 1936 para servir sua linha principal através de Wyoming. Na maioria do percurso a inclinação máxima do terreno é de 0.82% em ambas as direções, mas a subida de Ogden, Utah para Wasatch tem inclinação de 1.14%, demandando uma locomotiva com maior força de tração e potência para eliminar a  necessidade de dupla cabeça (uma locomotiva em cada extremidade da composição) e facilitar as operações. Em colaboração com a American Locomotive Company, o time de design chefiado por Otto Jabelmann reexaminou as Challengers originais projetadas por A.H. Fetters. Eles concluiram que deveriam aumentar a fornalha para aproximadamente 6 × 2,4 m, aumentando o cilindro, adicionando quatro rodas de tração e reduzindo o tamanho delas de 69 para 68 polegadas (1.753 para 1.727 mm).

História

As Big Boys foram as única locomotivas a ter uma combinação de rodas 4-8-8-4, combinando dois jogos de oito rodas motrizes com um jogo de quatro rodas-guia para estabilidade em entradas de curvas e um conjunto de quatro rodas posteriores para suportar a larga fornalha.

As Big Boys foram projetadas para puxar 3.300 toneladas de carga sobre os 1.14% graus de inclinação  das montanhas de Wasatch em Utah. Antes de sua chegada, era necessário o uso de locomotivas assistentes. O engate e desengate de locomotivas assistentes durante os trechos mais críticos atrasavam as viagens. Para as locomotivas serem mais efetivas, elas deveriam ser rápidas e mais potentes que as lentas transportadoras das montanhas como a composição tipo 2-8-8 que a Union Pacific tentou utilizar após a Primeira Guerra Mundial. Para evitar o uso de locomotivas adicionais, a nova classe foi necessária para empurrar longos trens em velocidades sustentáveis de 100 km/h para transpor as inclinações das montanhas. No fim da carreira da  Classe 4000 (no fim da década de 1950) ficou comprovado que elas poderiam puxar muito mais do que as 3.300 toneladas regulares. Sua carga foi excedida várias vezes até chegar a 4.040 toneladas sobre o aclive de Wasatch, sem assistência.

As Big Boys foram projetadas para viajar com estabilidade a 100 km/h e construídas com  uma grande margem de confiabilidade e segurança, como elas operavam bem abaixo da velocidade em viagens com cargas. O pico de potência era alcançado por volta dos 56 km/h; efetivo de tração ideal, atingido a 16 km/h.

Ao todo, 25 Big Boys foram construídas, em dois lotes de dez e um de cinco unidades. Todos queimavam carvão, com grandes grelhas para queimar o carvão de baixa qualidade do Wyoming provenientes das minas da própria ferrovia. Uma locomotiva, a número 4005, foi experimentalmente convertida para diesel. Ao contrário da experiencia com as Challenger Types, isto fracassou, e a locomotiva foi novamente modificada para carvão. A citada rasão para esta falha  foi o uso de um queimador simples, tal que, com a grande fornalha da Big Boy, criou insatisfatório e ineficaz queima de combustível. Não se sabe porque o uso de múltiplos  queimadores não forma empregados, embora com  a disseminação do diesel após 1945, a companhia provavelmente perdeu o interesse no desenvolvimento de motores a vapor.

O pós-guerra aumentou o preço do carvão e a eficiência dos motores diesel-eléctricos previam um fim anunciado para as Big Boys, mas elas foram as últimas locomotivas a saírem de serviço. O último trem transportado por uma Big Boy terminou sua viagem na manhã de 21 de Julho de 1959. Mas guardada operacional até 1961, e quatro remanejadas em condição operacional em Green River, Wyoming até 1962. Seus serviços foram assumidos por locomotivas a diesel e turbinas.

Ficha Técnica

Preservação

Das 25 locomotivas Big Boy construídas, 8 ainda existem e estão em exposição nos Estados Unidos.

About these ads

3 Responses to Big Boy, a maior locomotiva do mundo

  1. JOAO WALTER ARREBOLA disse:

    INTERRESSANTE SERIA SE TODAS AS 25 LOCOMOTIVAS BIG BOI FRABRICADAS ESTIVESSEM
    ESPOSTA EM MUSEU COMO ESTA ACONTECENDO COM 8 DELAS FABRICADAS

    • JOAO WALTER ARREBOLA disse:

      INTERRESSANTE SE TODAS AS LOCOMOTIVAS BIG BOI FABRICADAS ESTIVESSEM ESPOSTAS EM MUSEU PARA QUE TODOS TIVESSEM CONHECIMENTO DO QUE FOI O TRANSPORTE FERROVIARIO MUNDO AFORA

    • Levi's disse:

      Boa Tarde, João

      É que sobraram apenas 8 delas para contar a história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 167 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: